Novas Tecnologia sobre celulares você encontra aqui!

Confira os colaboradores do nosso BLOG!

Nomofobia? O que é isso?

Nomofobia? O que é isso?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

NOMOFOBIA - O uso de celulares cresce no mundo todo e a demanda é tanta que já é comum encontrar pessoas que têm dois ou mais aparelhos. Á trabalho ou lazer, as pessoas passam cada vez mais tempo no celular, seja conversando, enviando sms, jogando, navegando na internet, conferindo e-mail, participando de redes sociais ou baixando os muitos aplicativos que hoje temos disponíveis no mercado e com isso cada vez mais pessoas correm o risco de adquirir a Nomofobia. Mas o que significa Nomofobia?

O que é a Nomofobia?

O termo Nomofobia surgiu a parti da expressão inglesa "no mobile phobia", que significa fobia de ficar sem telefone celular. Muitas pessoas já começam a sofrer de "Nomofobia", ou seja, pessoas que sentem uma fobia, uma angústia, desconforto, ansiedade e nervosismo quando estão longe do celular e leva o individuo a dependência do aparelho. É a doença de quem está viciado em Celular. Mas a Nomofobia não se refere apenas ao uso de telefones celulares, envolve o uso de outros meios de comunicações como notebook, tablets e outros dispositivos moveis.

Acontece que, com a evolução dos telefones celulares, que se transformaram em verdadeiros computadores de mão, passando a ser chamados de Smartphones e que reúnem em um único aparelho diversos recursos como acesso a Internet, aplicativos para diversas funções, redes sociais, câmeras com cada vez mais qualidade de imagens, a dependência esses aparelhos passaram a ser o foco principal da Nomofobia.

Imagine a ligação cair e não restabelecer no meio de uma conversar importante, ficar sem sinal de internet em seu celular no meio de uma conversa no WhatsApp ou quando se está fazendo uma postagem no Facebook ou quando precisa conferir um e-mail importante. É normal sentir raiva, mas a Nomofobia vai além disto, é a dependência que algumas pessoas têm de estarem o tempo todo com o aparelho em mãos, se comunicando com alguém, ou acessando a internet.

Na Nomofobia, as pessoas não conseguem se afastar do aparelho celular que fica 24 hora por dia ligado, nem na hora de dormir ou ir ao bainheiro elas se afastam do aparelho. Ficam desesperadas quando a bateria do aparelho descarrega e estão impossibilitadas de recarregarem seja por não ter uma tomada por perto ou por não possuir um recarregador a mão. 

Saiba como recarregar um Smartphone sem uma tomada neste artigo: Como recarregar um Smartphone sem uma tomada por perto?

E o problema agravou com a chegada dos smartphones e as novas tecnologias. A facilidade atual de se está conectado à internet o tempo todo também fez com que surgissem mais pessoas sofrendo com esta doença da era moderna.

No mundo todo, pesquisas apontam um crescente número de pessoas que não conseguem mais ficar longe do celular. A grande maioria destas pessoas são jovens que precisam estar conectados durante todo o tempo, caso contrário sentem um grande desconforto, uma forte angústia e ficam inquietos, até o momento em que pegam o smartphone e se conectam, neste momento eles sentem um grande alívio e se sentem realizados.

 

Alguns sintomas da Nomofobia

Segundo o psicólogo Cristiano Nabuco, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de São Paulo USP, os sintomas mais frequentes da Nomofobia são esses: abandonar tudo o que esta fazendo para atender o celular; nunca deixar o aparelho sem bateria; preferencialmente não carrega o celular na bolsa, bolso ou similares (prefere carregá-los na mão para que possa atender imediatamente); não esquecem o celular em casa e se isso acontecer volta para pegar, onde quer que estejam; Se sentem muito mal quando a bateria do celular acaba, quando perdem o aparelho ou pensam que perdeu.

Os especialistas classificam a Nomofobia como uma doença psicológica e comum em pacientes com transtornos de ansiedade. O tratamento apontado pelos especialistas como mais adequados é encaminhamento para terapia cognitivo-comportamental e ou uso de medicamentos (Transtorno de Pânico: Teoria e Clinica, p. 71, 2013).

 

Dicas para se evitar a Nomofobia

É claro que não precisamos deixar o celular de vez, mas é preciso ter cautela! Se durante a semana você precisa estar conectado mais tempo, devido ao trabalho, estudos, etc., no final de semana dê um tempo maior longe do celular. Saia com os amigos, fique na companhia de familiares, procure ir a festas, saia para uma caminhada, vá ao shopping, cinema, chame os amigos para irem a um parque, zoológico, programe uma bela viagem, visite os parentes, enfim, o importante é nunca exagerar em nada.

O celular, o acesso à internet, tudo isto é muito importante e deve sim fazer parte de nossa vida, mas tudo em excesso é prejudicial. A dica é procurar ter uma vida saudável, ler bons livros, ter boas amizades, um bom relacionamento em casa, praticar atividades físicas e claro, ter o celular por perto, mas nada em exagero. Com essas dicas você ira evitar a nomofobia, a doença da era moderna que atinge cada vez mais pessoas.

 

Esse foi nosso artigo sobre "Nomofobia". Espero ter ajudado.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Ficou com alguma duvida? Tem alguma opinião sobre o tema? Deixe seu comentário logo abaixo!

Quer ajudar a manter esse Blog no ar? Faça uma doação através do Pagseguro clicando no ícone logo abaixo!

Grande abraço a todos!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui:

Veja Também:

Artigos Relacionados