Novas Tecnologia sobre celulares você encontra aqui!

Confira os colaboradores do nosso BLOG!

Protocolo de internet TCP/IP? Para que serve isso?

Protocolo de internet TCP/IP? Para que serve isso?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Conheça um pouco mais sobre Protocolo de internet TCP/IP e sua finalidade. Se você quer saber mais sobre o Protocolo TCP/IP com uma abordagem histórica do seu surgimento aos dias atuais, continue lendo este artigo.

Para que dois ou mais computadores se comuniquem em rede é necessário que estes computadores falem a mesma língua, o mesmo idioma. Protocolo de internet TCP/IP nada mais é do que a linguagem que os computadores utilizam para se comunicar na internet. Essa linguagem é chamada de protocolo, sendo assim, o TCP/IP é o protocolo utilizado para transferência de dados na internet. A sigla TCP/IP significa Transmission Control Protocol/Internet Protocol (Protocolo de Controle de Transmissão/ Internet Protocolo). Mas o Protocolo de internet TCP/IP não é um único protocolo, na verdade é um conjunto de protocolos o qual recebe os nomes dos dois principais protocolos utilizados (TCP e IP).

Então o TCP/IP é um protocolo de rede (internet), ou seja, um conjunto de regras que são utilizados por computadores de uma ou mais redes interconectadas para estabelecer a comunicação entre esses computadores. O Protocolo de internet TCP/IP foi projetado para trabalhar perfeitamente com redes de longa e curta distancia (WAN e LAN), ou seja, funciona perfeitamente para fazer a comunicação de dados entre computadores que estejam próximos ou muito longe um dos outros.

O TCP/IP também é considerado um protocolo do tipo aberto, pois qualquer empresa fabricante de computadores pode adotar o TCP/IP em seus sistemas operacionais sem necessidade de pagamentos de direitos autorais. O fato de ser um protocolo aberto contribuiu para a universalização do TCP/IP.

É também considerado um protocolo não orientado a conexão. Ou seja, é um protocolo em que a transferência de dados não busca orientar-se pela conexão, mas sim num prévio acerto do endereço de envio e de destino a cada pacote de informação a ser enviado e informações de como se procederá à comunicação entre os computadores remetente e destinatário. Nesse modelo a transmissão de dados é dividida e subdividida em pacotes. Esses pacotes viajam de forma independente uns dos outros e por caminhos diversos. A orientação então neste caso se faz pelos pacotes, e não pela conexão. Sendo assim, todos os pacotes com mesmo endereço de envio e de destinatário (endereço IP) chegarão ao mesmo destino, mas nem todos viajaram pelo mesmo caminho. 

Surgimento do Protocolo de internet TCP/IP

ARPA (Advanced Research Projects Agency), uma agencia militar criada pelo departamento de defesa dos Estados Unidos, em meados da década de sessenta, começou a elaborar um projeto para interligar os seus computadores e das instituições que eram financiadas pela agencia. O plano era criar uma rede de computadores da ARPA com objetivos militares. No final de 1969 esse projeto foi concluído e posto em pratica, estava operando a rede de computadores da ARPA, a ARPANET. Inicialmente a ARPANET interligava quatro Instituições universitárias a ARPA e o protocolo de comunicação da ARPANET utilizado naquela época era o Network Control Protocol (NCP).

Com o passar do tempo, a rede de computadores da ARPA foi crescendo e novas redes de computadores foram sendo interligadas a ARPANET. Surgiram às redes via radio e satélite, e os militares tiveram a ideia de interligar essas redes, tornando assim a ARPANET uma rede móvel e distribuída. Mas ai surgiu um problema, o NCP, que era protocolo utilizado na ARPANET, além de não suportar um grande tráfego de dados na rede, também não funcionava com redes sem fio. Foi ai que entrou em cena o TCP/IP.

ARPANET tinha crescido bastante durante o inicio década de setenta e o NCP havia ficado pequeno demais para o elevado tráfego de dados na rede. Outra dificuldade do NCP era trabalhar com redes heterogêneas interligadas e como o plano agora era interligar as redes a cabo, satélite e a radio, ficou clara a necessidade de se criar um novo protocolo que superasse essas dificuldades. Então foi formado um grupo internacional de especialistas em desenvolvimento de protocolos e o resultado do trabalho desse grupo, culminou com a criação de um conjunto de protocolos que levou o nome dos dois principais protocolos utilizados, o TCP/IP.  Em 1977 aconteceu à primeira demonstração do TCP/IP com a rede ARPANET e o resultado foi um sucesso. Com isso os militares da ARPA decidiram que o TCP/IP seria o novo protocolo da ARPANET e que a transição teria que ocorrer ate a data limite de primeiro de janeiro de 1982. Apesar de ter ocorrido em cima da hora, transição do NCP para o TCP/IP, também foi um sucesso.

Então podemos dizer que os principais objetivos a ser alcançados, com a criação do TCP/IP, era o de suportar um grande volume de tráfego dados na rede e a interconexão de redes distintas.

ARPANET e o TCP/IP foram os principais precursores para o nascimento da internet de hoje. A disseminação do protocolo TCP/IP para as diversas redes de computadores que foram surgindo, aliado a facilidade de interligação dessas redes a ARPANET, por conta do mesmo protocolo utilizado, foi Imprescindível para o surgimento da internet. A ARPANET e o TCP/IP foram a base para a internet.

 

Comutação de pacotes e o TCP/IP

Comutação de pacotes é outra característica da internet que faz parte do TCP/IP. As informações que trafegam pela internet são divididas em pequenos pacotes e esses pacotes viajam pela rede por diversos caminhos diferentes ate chegar ao seu destino e então são reordenadas.

Quando um computador vai enviar uma informação a outro computador pela internet, essa informação, antes de ser enviada, é quebrada em pequenos pacotes e cada pacote recebe o endereço do computador remetente e o do computador destinatário. Esses pacotes viajam pela rede de forma independente e por caminhos diversos de forma desordenada. Quando esses pacotes chegam ao computador de destino, são reordenados recompondo a informação enviada da forma original, como saiu do computador remetente.

TCP é o responsável por fazer a quebra da informação a ser enviado em pequenos pacotes, por anexar em cada pacote o endereço IP do computador remetente e do computador destinatário e por enviar os pacotes pela rede. O IP, por sua vez é responsável por dar um endereço único a cada computador conectado à internet, é o chamado endereço IP. Ou seja, o TCP quebra a informação em pequenos pacotes anexando a esses pacotes os endereços fornecidos pelo IP, do computador remetente e destinatário. O navegador é o responsável por reordenar os pacotes, de forma a tornar a informação compreensível novamente.

 

Divisão do TCP/IP em Camadas ou Pilhas

Como falamos no inicio deste artigo, o Protocolo de internet TCP/IP é um conjunto de protocolos o qual recebe o nome dos dois principais. O TCP/IP é dividido em camadas, ou pilhas de protocolo, como ficou mais conhecido. É formado por quatro camadas e juntas elas formam a suíte TCP/IP.  As camadas são as seguintes: Camada de Aplicação, Camada de Transporte, Camada de Internet e Camada de Interface com a Rede. Cada camada possui um conjunto de protocolos próprios e se comunicam com a camada imediatamente superior. Cada camada também é responsável por uma tarefa especifica como veremos a seguir na explicação que segue abaixo.

 

Camada de Aplicação do TCP/IP

Formada pelos protocolos HTTP, HTTPS, FTP, DNS, SMTP, TELNET, SMB e entre outros. Esta camada é utilizada pelos programas do computador para enviar e receber informações de outros programas por meio da rede. Cada tipo específico de programa se comunica com um protocolo correspondente para a finalidade daquele programa. Esta é também a camada de maior nível de abstração e define o conjunto de serviços manipulados por usuários. Suas aplicações específicas são: Transferência de arquivos; Correio eletrônico; Login remoto; Navegação web; Compartilhamento de arquivos. Após os dados terem sido processados pela camada de Aplicação, eles são enviados imediatamente para a camada abaixo.

 

Camada de Transporte do TCP/IP

Formada pelos protocolos TCP, UDP, SCTP e RTP, permite a comunicação fim a fim entre aplicações. Essa camada é responsável por receber os dados da Camada de Aplicação e dividi-las em pequenos pacotes. Após esse processo os pacotes são enviados para a camada inferior, ou seja, a camada de internet ou rede.

Essa camada também é responsável por receber os pacotes enviados pela camada de Interface com rede e coloca-los em ordem, reestruturando os dados a sua forma original como foi enviada tornado a informação compreensível novamente. Função essencial, pois, como foi explicado anteriormente, os dados viajam pela rede em pequenos pacotes e chegam ao seu destino geralmente desordenado. A camada de transporte também verifica a integridade dos pacotes recebidos.

 

Camada de Internet ou rede do TCP/IP

Protocolos que atuam nessa camada são o IP, ICMP, ARP e RARP. Essa camada é responsável por pegar os pacotes já divididos pela camada de transporte e anexa-las ao endereço IP da maquina remetente e destinatária. Anexam os chamados endereços IP do computador que esta enviando e do computador destinatário. O protocolo responsável por essa tarefe é o IP. Nesta Camada também são adicionados aos pacotes informações sobre os caminhos que eles irão percorrer da origem ate chegar ao computador de destino, procedimento este chamado de roteamento de pacotes.

Os dados divididos e empacotados nessa camada passam a ser chamados de datagramas e a parti de então serão enviados para a camada inferior, a camada de interface com a rede, para só então serem  enviados pela internet.

 

Camada de Interface com a Rede do TCP/IP

Os protocolos nessa camada dependem do tipo de rede e estão intimamente ligados ao meio físico em si. Existem as redes de longa distancia que são denominadas de WAN (Wide Area Network) e as redes de curta distancia ou locais denominadas de LANs (Local Area Networks). Nas redes WANs os protocolos encontrados são: ATM, FDDI, Frame Relay, entre outros. Nas redes LANs os protocolos encontrados são: Ethernet, Token Ring, entre outros. O protocolo de interface mais amplamente utilizado é o Ethernet.

A camada de interface com a rede e normalmente chamada de parte física, pois tem como partes físicas componentes como hardware, placa de rede, drives de rede, roteadores, gateway e etc. Uma função importante dessa camada é fazer a inferface do modelo TCP/IP com os mais variados tipos de rede existentes (ATM, X.25, FDDI, Ethernet, Token Ring, Frame Relay, sistema de conexão ponto-a-ponto SLIP e etc.). Ou seja, faz a interconexão dos diversos tipos de redes heterogêneas.

É na camada de inferface que os pacotes (datagramas) são enviados e recebidos. Ou seja, essa camada, através dos meios físicos (Modem, Wi-Fi, Ethernet, hardware, cabos e etc.), fica responsável por enviar os pacotes pela rede e por receber os pacotes enviados por outro computador pela rede. Sendo assim, a camada de Interface com rede, tem como principais funções fazer a interface do TCP/IP com os vários tipos de redes existentes e transmitir e receber os pacotes de informações pela rede.

 

Conclusão

TCP/IP e um protocolo importantíssimo na internet, foi criado na década de setenta pela ARPA para fazer a comunicação dos computadores da ARPANET, é formado por um conjunto de protocolos e dividido em camadas, cada camada com suas funções específicas e ate hoje é utilizado na rede. Quando se fala em TCP/IP à ideia que se deve ter é: utilizado para transmissão de dados na internet; divisão das informações em pequenos pacotes; anexa endereço IP aos pacotes; transmite e recebe os pacotes pela internet; interliga redes diversas.

Bom, esse foi um breve resumo sobre o Protocolo de internet TCP/IP, se você gostou desse artigo curta nossa pagina do Facebook aqui mesmo na coluna lateral do lado direitoCompartilhe nas redes sociais através dos ícones de compartilhamento.

Ficou com alguma duvida? Tem algo a acrescentar ao artigo? Deixe seu comentário logo abaixo!

Quer ajudar a manter esse Blog no ar? Faça uma doação atraves do pagseguro clicando no ícone logo abaixo.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário aqui: